Posts| Comments|Pátio Gospel Notícias atualizadas

Hora de mudar: Pastores pedem "herói" evangélico em novela da Globo

Posted on 6 de jan de 2013 and filed under , , ,

Uma novela com herói evangélico. Você assistiria? Esta deve ser a novidade para as produções da TV Globo. Com o intuito de estreitar o relacionamento com o público evangélico a emissora continua abrindo as portas para os pastores. Amauri Soares, coordenador de projetos especiais da Globo, vai almoçar com o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. A conversa está marcada para quarta-feira (09/01) e deve ser sobre os “interesses comuns” entre emissora e evangélicos, afirma a Folha de São Paulo.


Soares também deverá ter uma reunião com o bispo Robson Rodovalho, da Sara Nossa Terra. Esses encontros são um desdobramento do encontro em 12 de novembro passado, quando 17 pastores estiveram em reunião no Projac, os estúdios da Globo no Rio de Janeiro. Embora muito criticada por segmentos da igreja, essa reunião teve como pauta “apoio e cobertura” das Marchas para Jesus, Dia do Evangélico e Dia da Bíblia.

Karina Bellotti, doutora da Unicamp que estuda mídia e religião acredita que “Nos últimos cinco anos, a Globo se aproximou desse público porque tem lhe conferido não somente peso de formação de opinião, mas também de mercado consumidor”. E acrescenta “é importante destacar que a bancada evangélica cresceu no Congresso, assim como o poder aquisitivo de muitos evangélicos que ocupavam a classe C”.

Por sua vez, o pastor Silas Malafaia reforça que "não há nenhum acordo para nos proteger" e "Que cada pastor que pague a conta pela sua besteira." Rodovalho comemora "A decisão [de abrir mais espaço para evangélicos] é deles."

Personagens evangélicos

Para os líderes está na hora de a Globo investir em personagens evangélicos na teledramaturgia. Recentemente, a Globo mostrou duas coadjuvantes evangélicas: Ivone (Kika Kalache), de “Cheias de Charme”, e Dolores (Paula Burlamaqui), de “Avenida Brasil”. Mas a recepção entre os evangélicos não foi boa, pois eram estereotipadas.

Segundo a assessoria da Globo, nesse último encontro os pastores “manifestaram o interesse em falar sobre o perfil atual do evangélico brasileiro para autores e roteiristas. A emissora considera a contribuição relevante, assim como as que recebe de vários segmentos da sociedade, inclusive de outras religiões”.

O fato é que os casamentos nas novelas geralmente são católicos. E o tema do espiritismo nas produções da Globo são constantes. Quando aparecem personagens evangélicos, “é crente, mas vagabundo. É pastor, mas safado”, provoca Malafaia.

Tempo evangélico

No passado, Malafaia trocou abertamente farpas com a Globo por conta do que considerava um preconceito. “Em 25 anos, vin-te e cin-co [pontua cada sílaba], lembro de apenas uma reportagem boa na Globo sobre evangélicos. E tem semana em que, todo dia, o ‘Jornal Nacional’ fala bem da Igreja Católica”, explica.

Mas os tempos são outros. “No passado, éramos corpos estranhos, não tínhamos nenhum diálogo. Agora é diferente”, conclui Rodovalho.

Gospel Prime, Folha de São Paulo|Pátio Gospel Noticias

Seja ético, ao reproduzir um artigo nosso cite a fonte. Pátio Gospel

0 Comentários

Exponha sua opinião

Sua opinião é bem vinda, seja ela qual for (desde que não use palavrões). Vai fazer propaganda? Acesse a página de publicidade.

troca de banners link e divulgao de sites site gratis Bolsa de Valores Bovespa Ibovespa

Conversas no Pátio

Últimas

Anúncio