Posts| Comments|Pátio Gospel Notícias atualizadas

Procuradora quer proibir bancada evangélica

Posted on 26 de ago de 2011 and filed under , , , ,

Simone Andréa Barcelos Coutinho, procuradora em Brasília do município de São Paulo, defende uma reforma no código eleitoral que impeça no Congresso Nacional a existência de representações religiosas, formada por católico e evangélicos.



Para ela, essas representações são incompatíveis com o Estado laico estabelecido pela Constituição brasileira. “O Poder Legislativo é um dos Poderes da União; se não for o Legislativo laico, como falar-se em Estado laico?”

Em artigo no site Consultor Jurídico, Simone escreveu que há duas formas de separação entre o Estado e as instituições religiosas, uma é total e outra é atenuada – e esta é o caso brasileiro.

“Num Estado laico todo poder emana da vontade do ser humano, e não da ideia que se tenha sobre a vontade dos deuses ou dos sacerdotes”, escreveu. “Se o poder emana do ser humano, o direito do Estado também dele emana e em seu nome há de ser exercido.”

Por isso, acrescentou, o interesse público “jamais poderá ser aferido segundo sentimentos ou ideias religiosas, ainda que se trate de religião da grande maioria da população.”

Gospel Mais|Pátio Gospel Noticias

2 Comentários

  1. Com lei ou sem lei, continuaremos a falar o que pensamos. Os gays podem ser representados, os agricultores também, cada seguimento da sociedade podem ser representado, menos os crentes? ISSO SIM É PRECONCEITO RELIGIOSO.

     
  2. Rafaela diz:

    Nenhuma outra religião tem "representantes" no camara, só os cristãos, não temos bancada islâmica, espírita , budista e nem nada do tipo, mas os cristãos querem além de que todos escutem suas opiniões querem impô-las ao sistema governal e para a sociedade, basta olhar o tipod e projeto que rodam na mesa desses deputados cristãos, como que eu já ouvi falar que querima barrar o ensino de cultura afro-brasileira nas escolas pq iam ensinar as crianças sobre camdomblé que para eles é "do diabo",ou de outro deputado que queria proibir as noivas de uma determinada cidade a fazer uma simpatia popular antes do casamento dá pra acreditar nisso? Não se trata apenas de opinião, esses deputados e suas idéias tem caratér proselitista absoluta , eles não sabem onde começar e muito menos onde parar. Essa inciativa está mais do que certa e estava demorando para aconetecer

     

Exponha sua opinião

Sua opinião é bem vinda, seja ela qual for (desde que não use palavrões). Vai fazer propaganda? Acesse a página de publicidade.

troca de banners link e divulgao de sites site gratis Bolsa de Valores Bovespa Ibovespa

Conversas no Pátio

Últimas

Anúncio